Curta nossa pagina

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Igreja Batista chega ao centenário no MS; primeira sede foi em Corumbá

A Primeira Igreja Batista (PIB) completa 100 de existência em Mato Grosso do Sul no próximo dia 19 de agosto, uma sexta-feira. A primeira sede, desde o Mato Grosso integrado, foi instalada em Corumbá. "A história de Igreja Batista no estado, antigo Mato Grosso, começou em Corumbá. Na época, em 1911, havia apenas a Igreja Católica na cidade. O município estava em expansão e as instalações da ferroviária estavam em construção. Um grupo de funcionários da ferrovia se reunia para orar e eles sentiram a necessidade de ter uma Igreja. Um deles recebeu um jornal chamado "O Jornal Batista", que por sinal, existe até hoje, e decidiu escrever uma carta para a Igreja Batista.

Essa carta foi recebida por uma Assembleia da igreja no mês de julho, e após alguns dias, um missionário foi enviado a Corumbá e chegou até a cidade de navio. Nessa primeira visita, ele acabou batizando os primeiros membros Batistas, foram 54 pessoas que deram os primeiros passos da Igreja no Estado, na época, antigo Mato Grosso", explicou o pastor da Primeira Igreja Batista, Altair Ribeiro da Silva.

A partir daquele momento, um missionário ficou no município para expandir as ações da igreja. A primeira Igreja Batista da região foi erguida em Corumbá, consequentemente os primeiros trabalhos desenvolvidos pela instituição foram no principal município pantaneiro, depois se espalharam pelo Estado. A primeira sede foi na rua 13 de Junho, depois se instalou na rua Dom Aquino, onde permanece até hoje.
 
Atualmente, em Corumbá e Ladário, a Igreja Batista tem sete templos. Há ainda missões espalhadas pela redondeza, como a Pantapaz, a Missão da Igreja Batista em Porto Esperança; no assentamento Paiolzinho, e a mais nova na Rua Porto Carrero, onde um templo está sendo erguido.
"O principal marco, nesses 100 anos, foi contribuir com a estruturação de vidas, foi auxiliar pessoas que eram improdutivas a se tornarem produtivas, a se doarem em favor da sociedade. Ao longo desse centenário, o mais marcante, foi poder receber vidas que estavam perdidas, como dizem, e poder devolvê-las reestruturadas, reerguidas e produtivas. Hoje, celebramos muitas vidas em plena prosperidade", afirmou pastor Altair.

Comemoraçõe 

As Igrejas Batistas de todo o Estado festejam o centenário ao longo do ano. Em Corumbá, no último sábado (6), celebraram a data no Jardim da Independência. Já para o sábado, dia 13, está marcada confraternização entre todos os templos de Corumbá e Ladário, na sede da Segunda Igreja Batista, localizada atrás da escola João Leite de Barros, onde a rua será fechada para a celebração.

Para o período de 19 a 21 deste mês, estão programadas diversas conferências, na sede da Primeira Igreja Batista, na rua Dom Aquino. Já está confirmada a presença de um pastor que desenvolve trabalhos sociais na Cracolândia, em São Paulo. Ainda está prevista palestra para pais e filhos.

Em setembro, o centenário continuará a ser celebrado na cidade. Uma banda gospel do Rio de Janeiro se apresentará durante um culto especial. Em outubro, Corumbá vai sediar a Assembleia de Convenções Batista Sul-Mato-Grossense. "Boa parte dos membros da Igreja Batista estará presente nesse evento. Sediaremos um dos maiores eventos estaduais da Igreja Batista. Serão cerca de duas mil pessoas nessa celebração, isso, ainda visando, o centenário da instituição", complementou o pastor. Para encerrar as celebrações, uma apresentação musical deve ser exibida no Jardim da Independência.

Fonte:Mida Max
Postar um comentário