Curta nossa pagina

domingo, 14 de agosto de 2011

Edifícios de igrejas são alvo de extremistas na Ásia

Edifícios de igrejas são alvo de extremistas



Dois edifícios de igrejas em uma região do sul da Ásia foram recentemente alvo deles
As igrejas são regularmente visadas pelos extremistas anticristãos que não gostam de ver as pessoas descobrirem o amor de Jesus.

Dois edifícios de igrejas em uma região do sul da Ásia foram recentemente alvo deles. As duas igrejas possuem missionários servindo como pastores.

A primeira, localizada em um prédio novo, foi alvo de vandalismo, e construção foi interrompida na segunda.

A construção da nova igreja Ayukta Reddy foi finalmente concluída e a congregação estava preparando o prédio quando vândalos quebraram as janelas e o vidro da porta, onde também pintaram o nome de um deus local. O ato ocorreu em 27 de julho.

A alguns quilômetros de distância, uma segunda igreja foi sabotada no mesmo dia. Desta vez foi uma igreja em construção. O missionário da Gospel For Asia, M.S. Patil trabalha como pastor da igreja. Ele relata que alguns extremistas anticristãos locais apresentaram uma queixa judicial contra ele, acusando-o de construção ilegal.

Ele foi à delegacia e respondeu a denúncia, mas ninguém quis ouvir. Ao invés disso, descobriu que a licença de construção para o projeto foi revogada e que ele teria de solicitar uma nova autorização antes de retomar as obras.

Missionários pedem oração

Ayukta pede oração para a proteção do Senhor para aqueles que estão planejando fazer o mal contra a igreja. Ele também pede para os crentes orarem para que os membros da igreja sejam capazes de reparar os danos de forma adequada a tempo de dedicar o local ao Senhor.

Patil faz pedidos de oração para que a licença de construção nova seja aprovada e para que o Senhor fortaleça a ele e sua congregação para resistir ao inimigo e superar este problema.

Ambos os pastores também pedem aos cristãos para se juntarem a eles em oração para que os vândalos possam compreender plenamente o amor de Jesus.


Fonte: Portas Abertas/CpadNews
Postar um comentário