Curta nossa pagina

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Tensão entre Muçulmanos e Cristãos Cresce na Malásia

MALáSIA (50º) - As tensões entre as comunidades muçulmanas e cristãs na Malásia estão começando a crescer, sobretudo depois que um médico malaio teve problemas em seu casamento e não aceitou enviar seus filhos para ser cuidados por uma organização islâmica. Ao invés disso, ele os mandou para ser cuidados por uma igreja que fica no subúrbio de Kuala Lumpur.
Um tabloide de língua malaia relatou que um funcionário do estado de Selangor, do Departamento de Assuntos Islâmicos (JAIS), alegou que o médico tinha cometido um delito e poderia ser preso por até três anos.
A população do país é 60% muçulmana, principalmente da etnia malaia. A Constituição Federal defende a liberdade religiosa para outros credos nos termos do artigo 11, mas os proíbe de fazer proselitismo entre os muçulmanos.
Nas últimas semanas, denúncias de cristãos fazendo proselitismo na comunidade muçulmana têm aumentado as tensões entre os dois credos. Houve um ataque contra uma igreja, organizado pelo JAIS, enquanto realizavam um jantar de ação de graças em suas instalações, no dia 3 de agosto.
O JAIS alegou que tinha o direito de realizar a invasão da igreja, pois recebeu uma denúncia de que a igreja vinha tentando converter 12 muçulmanos, que inclusive estavam participando do jantar organizado pelos cristãos.
Analistas políticos dizem que, pelo fato de os ataques estarem acontecendo, é possível que se aproximem ventos de mudança sobre o país e sobre a liberdade religiosa. O aumento da tensão religiosa pode influenciar as eleições gerais, que serão realizadas no primeiro trimestre de 2012.

Fonte:  Persecution /The Christian Post
Postar um comentário