Curta nossa pagina

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Milhares de Bíblias para Missões são apreendida no Irã


Governo iraniano considera-se responsável também pelos pensamentos das pessoas. Parece que o grande volume de bíblias cristãs que estão entrando no país é a maior preocupação do governo iraniano.
De acordo com a agência de notícias cristã, “Mohabat News”, o doutor Abhari Majid, assessor da comissão de assuntos sociais do parlamento do Irã, anunciou a apreensão de 506 mil cópias da Bíblia Sagrada no caminho entre a cidade de Zanjan e Abhar, no noroeste do Irã.
Ele também disse que “esses missionários têm dependência enorme de dinheiro e estão tentando desviar a nossa juventude.” Em uma entrevista para uma agência de notícias (Mehr), acrescentou: “Com relação às atividades desses missionários cristãos que estão tentando enganar os jovens, especialmente, eles começaram uma campanha enorme, gastando muito dinheiro em falsas propagandas para atrair o público.”
Ele não apresentou mais detalhes sobre a apreensão dos 6.500 evangelhos, mas disse: “Estes livros foram feitos com o melhor papel do mundo e em formato de bolso”. O ponto importante nessa questão deve ser considerado pela estação de inteligência, pelo departamento jurídico e pelas agências religiosas.
Antes deste evento, em novembro de 2010, policiais apreenderam 300 bíblias em um ônibus ao fazer sua inspeção, queimando todos os livros sagrados. Insultar a Bíblia é a continuação de uma campanha organizada por agências religiosas.
Sempre houve grandes preocupações entre os funcionários da república islâmica, com relação à conversão de pessoas ao cristianismo. Isto é: depois de três décadas de propaganda islâmica e uma geração que cresceu com os ensinamentos islâmicos, eles preveem uma mudança de pensamento.
O Irã considera-se responsável também pelos pensamentos das pessoas. Então seu medo é de que a importação e a distribuição de bíblias tragam um efeito negativo dentro do país.

fonte:
Postar um comentário