Curta nossa pagina

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Um produtor de maconha e da planta de coca se converteu ao ouvir a mensagem do Evangelho pela rádio

Ministério chega a zona de drogas colombiana

Ministério chega a zona de drogas colombiana

 Um produtor de maconha e da planta de coca se converteu ao ouvir a mensagem do Evangelho pela rádio, queimou sua plantação e levou seus trabalhadores a Cristo
Estima-se que o tráfico de drogas gere US$ 6 bilhões para a Colômbia a cada ano. O governo do país está lutando contra ela, mas ainda assim o mercado continua.

Um aspecto que afeta grandemente a vida de milhares de pessoas na Colômbia é o conflito constante entre o governo e as FARC, um movimento guerrilheiro que proclama-se como uma organização anti-imperialista socialista. Para financiar suas atividades terroristas, eles movimentam até US $ 2 milhões por dia em receitas de drogas ilícitas. Algumas unidades das Farc no sul da Colômbia estão diretamente envolvidas em atividades de tráfico de drogas, tais como controle de mercados locais de base de cocaína.

Regiões controladas por este grupo guerrilheiro seria o último lugar que você esperaria encontrar cristãos, mas o Spanish World Ministries (Ministério para o Mundo Espanhol - livre tradução) descobriu como chegar ao grupo terrorista.

"Há uma [região] específica que é chamado de Guaviare", diz Daniel Sandoval, do Ministério.  Esse grupo terrorista tem aumentado o plantio, processamento e comercialização de cocaína. Claro, a falta de programas de governo, a falta de transporte, serviços médicos, e, sobretudo, o controle da Guerrilha sobre este lugar faz desta região um difícil campo missionário tanto para organizações nacionais como estrangeiras.

O grupo terrorista nesta área considera atividade cristã suspeita, diz Sandoval. “Se qualquer organização cristã pretende alcançar as pequenas cidades na região de Guaviare, o movimento de guerrilha vai considerá-los espiões enviados pelo DEA, ou informantes para o governo", explica Sandoval. "A questão é: Se o povo de Guaviare morrer sem ter a oportunidade de ouvir sobre Cristo? Estamos falando de uma população de cerca de 25.000 pessoas?”, questiona.
Sandoval acrescenta: "Claro, nós sabemos a resposta: eles precisam ouvir sobre Cristo. Como fazer isso em uma área tão hostil, para não mencionar perigosa para os crentes? O Ministério para o Mundo Espanhol encontrou uma maneira. Eles estão transcendendo todas as barreiras através de um meio: o rádio.

Deus usou o rádio para transformar corações nessas áreas de difícil acesso. Por exemplo, um homem envolvido no plantio e colheita da maconha e da planta de coca e no processamento de cocaína foi ferido no trabalho.

Enquanto estava sentado sangrando, esperando alguém para vir em seu auxílio, ele ligou o rádio. A transmissão da Mundo Espanhol chegou até ele. Depois de ouvir sobre o pecado e o perdão de Cristo, o homem imediatamente entregou sua vida. Na verdade, ele até queimou sua plantação. Quando ele explicou o raciocínio para seus trabalhadores, todos eles aceitaram a Cristo como seu Salvador também. E tudo isso resultou de uma transmissão de rádio.

O Ministério tem sido capaz de quebrar as barreiras na Colômbia e também se tornado um incentivo para os colombianos em tempos difíceis. Durante a última enchente que matou mais de 400 pessoas e afetou 3.000.000 no total, as transmissões do ministério levou a paz de Cristo para muitos.

"Em meio a essas situações difíceis, os nossos programas representam uma grande bênção para muitas pessoas que precisam desesperadamente ouvir palavras de esperança e encorajamento", diz Sandova.

 
Fonte: Charisma News/Redação CPADNews
Postar um comentário