Curta nossa pagina

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Reverendo Anglicano Queima Partes da Bíblia que Considera Desagradável





No ano em que a versão da Bíblia King James, comemora 400 anos, o reverendo Geraint Ap Iorwerth da Igreja de São Pedro no país de Gales, queima partes da Bíblia King James que segundo ele revela um Deus cruel e vil.

Criticado pelo seu bispos, o reverendo Geraint Ap Iorwerth argumentou que decidiu fazer a montagem de um painel só com as partes da Bíblia que não mostra um Deus cruel, porque no ano em que comemora 400 anos de King James, ninguém lembrou que o Deus ali revelado é um Deus de crueldade de ódio e vingança. Ele explicou ainda que o painel com a nova Bíblia que criou é uma obra de arte e não uma ofensa.
Para o reverendo anglicano a Bíblia King James deve ser apreciada pela sua linguagem e não pelo Deus que ela revela.
“Existe uma necessidade de separar os dois”.
“As passagens que eu cortei e depois queimei são textos que refere-se à ira de Deus, um Deus que matou milhões de pessoas, vingativo e cruel”.
Segundo o reverendo, as pessoas estão se afastando da Igreja por causa do Deus apresentado na King James, e que alguns fiéis tentam manter seus filhos longe da influência do Deus dessa Bíblia.
O reverendo ainda faz menção ao filosofo Nietzsche que disse que fazia filosofia com um martelo, entretanto, Iorwerth diz que “eu prefiro fazer teologia com uma tesoura”.
Com as partes carbonizadas da Bíblia que Iorwerth queimou, ele disse fazer “um memorial para milhões de vidas que foram destruídas pela crueldade deste tipo de Deus e de seus seguidores”.

Fonte: Christian Post
Postar um comentário