Curta nossa pagina

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Após execução de Kadafi, Igreja pede paz na Líbia


Brasília - A execução do presidente da Líbia, Muamar Kadafi, após ser capturado por integrantes do o Conselho Nacional de Transição (CNT), apoiadas por bombardeios da França, motivou reações da Organização das Nações Unidas (ONU) e da Igreja Católica.
Para ambos, o momento é de buscar a paz na região, encerrar a guerra civil e consolidar a democracia na região. O secretário de Estado do Vaticano, cardeal Tarcisio Bertoni, o número dois da Igreja Católica, disse que todos devem rezar pela pacificação: "Temos de rezar para que se alcance a pacificação e a democracia na Líbia."

Fonte: Monitor Mercantil
Postar um comentário