Curta nossa pagina

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Lideranças religiosas pedem que música evangélica seja reconhecida como manifestação cultural

O presidente do Senado, José Sarney, recebeu na tarde desta sexta-feira (16) a visita do presidente do Fórum Evangélico Nacional de Ação Social e Política (Fenasp), Wilton Acosta, e do presidente da Associação dos Parlamentares Evangélicos do Brasil e deputado estadual de Sergipe, Antonio dos Santos.
Eles vieram pedir a Sarney o apoio na tramitação do projeto de lei da Câmara (PLC) 27/2009, que prevê o reconhecimento da música evangélica e dos eventos a ela relacionados como manifestação cultural. Com o reconhecimento, os eventos poderiam ter amparo nos programas oficiais de apoio à cultura, como a Lei Rouanet.
O projeto, de autoria do ex-deputado Rodovalho (DF), já foi aprovado na Câmara e tramita agora no Senado. Sarney manifestou apoio às demandas apresentadas e prometeu agilidade na tramitação do projeto.
- A música evangélica faz parte da música popular brasileira – afirmou.
Segundo Wilton Acosta, a aprovação da matéria é um anseio da comunidade e dos artistas evangélicos do Brasil. Já o deputado Antonio dos Santos lembrou que os evangélicos somam cerca de 40 milhões de brasileiros.
Os religiosos também convidaram Sarney para o Encontro Nacional de Lideranças Evangélicas, que vai ocorrer nos próximos dias 18 e 19 de novembro, na Câmara Legislativa do Distrito Federal, em Brasília. No encontro, os evangélicos vão homenagear, além de Sarney, o presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS) e a presidente da República, Dilma Rousseff.

Fonte:Correio do Brasil

Postar um comentário