Curta nossa pagina

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

SUPREMA CORTE INDIANA PEDE NOVO RELATÓRIO SOBRE VIOLÊNCIA CONTRA CRISTÃOS


Kandhamal, 1° set (RV) – A Suprema Corte indiana solicitou oficialmente à Comissão Nacional de Direitos Humanos do país um novo relatório sobre a situação e a reinserção dos refugiados cristãos de Orissa. O documento, que deve ser entregue dentro de seis meses, deverá analisar especialmente a situação no distrito de Kandhamal, palco, em 2008, de graves violências e saques.

Essa solicitação da Suprema Corte dá continuidade a uma denúncia apresentada pela Igreja Católica no país, referente ao Estado de Orissa, que alegava violação dos direitos humanos de cidadãos cristãos e ressarcimentos inadequados aos que perderam suas propriedades durante os ataques de 2008.

A instância máxima de Justiça da Índia diz-se insatisfeita com a resposta do governo local para tal recurso, e censurou-o pelo atrasado no pagamento dos ressarcimentos devidos aos cristãos prejudicados pelas violências de hinduístas extremistas. A onda de violências de então deixou um saldo de 100 mortos e 54 mil atingidos em 415 cidades, dos quais muitos foram obrigados a fugir e viver como refugiados. Segundo dados da Igreja local, no mínimo seis mil casas foram destruídas e, dos 3.232 casos denunciados à polícia, somente 828 foram registrados.

E ainda desses 828, somente 327 foram a julgamento. Disso resultou a prisão de 749 pessoas, sendo que 639 já estão em liberdade. 1.597 militantes foram identificados e depois liberados, enquanto outros milhares de agressores não foram sequer contatados pelas autoridades responsáveis. (ED)

Fonte:Radio Vaticano
Postar um comentário