Curta nossa pagina

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Cristãos aconselhados a preparar a quadra festiva preservando os valores com justiça


Luanda – O padre Rufino Tchuite, da Igreja Católica, afirmou hoje,na capital de Angola, Luanda, que as famílias devem viver em caridade afectiva, preservando os valores fundamentais da justiça para amparar os mais vulneráveis neste período da quadra festiva.
 
Segundo o prelado que falava hoje, terça-feira Angop, o natal começa com 4 semanas de advento, com a preparação da vinda de Jesus Cristo, para que as famílias relembrem e reflictam sobre os problemas fundamentais da vida quotidiana e a vinda do salvador.
O também coordenador da Comissão de Liturgia a Nível de Luanda referiu que esta festa não é repetição de um facto histórico, mas visa valorizar a história, a espera escapatória da chegada de Jesus Cristo, que virá julgar os vivos e os mortos.
O advento, que significa a chegada, do verbo "chegar a", é o primeiro tempo do Ano litúrgico. Para os cristãos é um tempo de preparação, alegria e de expectativa, sendo que os fiéis esperam o nascimento de Jesus Cristo.
Disse igualmente que neste período os cristãos vivem o arrependimento e promovem a fraternidade e paz, reflectindo sobre o significado desta grande festa.
O prelado frisou que o advento apresenta dois momentos, o natalício, que espera a vinda do redentor ou seja o salvador do mundo, e o escapatório, que visa descobrir o último e definitivo de todas as coisas e a realidade da vinda gloriosa de Jesus Cristo de todos os fins.
“Nos dias de hoje o natal é festejado de forma consumista e Imediatista. Temos notado a população com pouca paciência de esperar e reflectir sobre os nossos valores”, reforçou.
Frisou que os valores do cristão são a esperança, a conversão, a luta contra o pecado, injustiça, a oração e a palavra de Deus, reflectindo em torno da mensagem dos bispos sobre a promoção do dialogo, preservação da vida humana, entre outros.
A Igreja Católica festa o natal desde o terceiro século d.C., para permitir a conversão dos povos pagãos sob o domínio do império romana, passando a comemorar o nascimento de Jesus de Nazaré.
 
Fonte: PortalAngop
Postar um comentário